Por que fazer um Laudo Técnico de Reforma?

Muitas pessoas acham que é apenas para cumprir protocolos ou um monte de papelada burocrática, porém se enganam ao compartilharem deste pensamento.

 

Vimos no post anterior quais são os serviços que necessitam da elaboração do Laudo e quais dispensam, e este documento tem por finalidade atestar a segurança da reforma no imóvel, o que infelizmente não aconteceu em alguns casos:

 

Em 2012 ocorreu o desabamento do Edifício Liberdade no Rio de Janeiro que levou outros 2 prédios ao chão, o acidente causou 23 mortes e diversas especulações sobre o que gerou este desastre.

 

Foi observado um número considerável de reformas e mudanças estruturais sem um devido acompanhamento profissional. Tais ações geraram um enfraquecimento estrutural do edifício resultando em seu desmoronamento.

 

Dois anos depois deste caso surgiu a “NBR 16280 – Reforma em Edificações”, esta norma garante que qualquer alteração no imóvel seja comunicada ao síndico e que tenha um responsável técnico que analise os impactos que a reforma causará na estrutura e nas instalações.

 

O Profissional habilitado elabora um documento atestando as condições do imóvel e quais as influências que a reforma irá gerar no local. Através deste Laudo Técnico e a Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) do Engenheiro Civil ou Registro de Responsabilidade Técnica (RRT) do arquiteto, o morador pode dar início a sua reforma após a aprovação do síndico.

 

Assim, a sua reforma e a do seu vizinho não apresentará riscos a estrutura e principalmente a vida dos moradores. Lembre-se que sempre quando um serviço de obras é realizado por um profissional, o cliente só tem a ganhar em economia, tempo e qualidade.

E você? Pensou em fazer alguma alteração no seu imóvel e viu que precisará de um Laudo Técnico? Só entrar em contato conosco clicando aqui ou mande um e-mail para contato@engeplificando.com.br  que iremos te ajudar.

Vamos tirar seu projeto do papel?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *